- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

"mp3 disponíveis"

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.295 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.135.500 VISITAS /*/ 31.05 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

" fadopoesia@gmail.com "

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa >

Canto ao meu país

José Fernandes Castro / Jaime Santos *fado jaime*
Repertório de Francisco Lisboa

Portugal, que tanto amo / E aclamo, com devoção
Portugal pai da verdade / Pai da saudade, pai da razão
Por ti posso conjugar / O verbo amar, com voz sincera
És poema sempre novo / Na voz dum povo, que te venera

O sumo da tua história / Está na memória, de quem te canta
O teu fado sem idade / Ainda invade, qualquer garganta
Foste cais de descobertas / E em mim despertas, rara beleza
Tens um sol tão desejado / Que te foi dado, p'la natureza

País de portas abertas / Pai dos poetas, do paraíso
Meu mensageiro da paz / Só tu me dás, o que preciso
Refúgio da voz do fado / Jardim plantado, á beira mar
Portugal lindo país / Estou feliz, por te cantar