- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mil cores

Carlos Baleia / Daniel Gouveia
Repertório de Daniel Gouveia 

Se houver um norte de amor
Orientado para sul
Se esse amor tiver cor
E se essa cor for azul
Hei-de dar um verde ao céu
Em sinal de segurança
P’ra que o azul seja meu
A dar cor à minha esperança

Se o amor viver no sul / E o ocaso for laranja
Com raios de um sol azul / Que só no sonho se arranja
O verde da minha esperança / Com laivos encarniçados
É um arco-íris que dança / Em pontos desencontrados

Se o amor tiver mil cores / Com cem pontos cardeais
Como a vida tem amores / E o mar tem vendavais
Não pode o tom da paixão / Vir a ser um e não mais
Como arco-íris sem razão / De sete cores sempre iguais

Quero um amar verde-azul / Amarelo-alaranjado
Aurora de norte e sul / Com poente avermelhado
A marcar sonhos de cor / De um arco-íris inventado
De um verde nascer de amor / Com pôr-do-sol azulado