- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.552.800 VISITAS < > AGOSTO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mentira, verdade

Letra e música de Pedro Osório
Repertório de Camané

Tantas palavras são ditas / P’ra disfarçar a mentira
Tantas palavras bonitas / Para encobrir a verdade
Tanta bondade fingida/ Tanta mentira doirada
Tanta notícia esquecida / Tanta verdade calada 

Se dizem que trazemos ao nascer
O destino já marcado... mentira
Se dizem que devemos aprender
A mudar o nosso fado... verdade;
A vida não se pode deitar fora
Passando cada dia como quem faz um recado
Quem pensa que o destino marca a hora
Ou anda ao desengano ou então foi enganado

Eu hei-de ter o meu fado / Feito p'la minha vontade
Com o futuro agarrado / Hei-de matar a saudade
Hei-de enganar a mentira / Hei-de beber a verdade
E não me venham dizer / Que isto são coisas da idade