- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.695 LETRAS PUBLICADAS <> 2.679.000 VISITAS < > 01 FEVEREIRO 2023
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Poema d’água

José Luís Gordo / Alfredo Duarte *fado versículo*
Repertório de Maria da Fé

Ai este fado que canto e trago aqui
Entrego a todos vós, sois minha gente
Hoje sei que nunca mais daqui parti
E que tenho o meu futuro aqui presente

Eu sei que o amor é grato, este que tenho
Para vós, para mim sois mais que a água
Pois não sei esta tristeza donde vem
No entanto sei do amor a doce mágoa

Ai esta angústia azul que traz o vento
Ai este mar ondeado p’lo levante
Ai esta cor de fado que eu invento
No caminho que sigo sempre errante