-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

A rua do desencanto

Fernando Peres / Jaime Santos
Repertório de Alcindo de Carvalho


A rua do desencanto 
Maré solta sem abrigo
Tem pedras feitas de pranto 
Como cumprindo um castigo
Uma vida de abandono 
Começa onde quer findar
Noites e noites sem sonho 
Dias sem querer acordar

Escuridão feita de medo 
Vozes roucas de ciúme
Vão murmurando um segredo 
Como se fosse um queixume
Versos perdidos, de fado 
Pobres sombras desmaiadas
Ficam juntas no pecado 
Das mesmas horas paradas

A alma na noite morta 
Na promessa dum desejo
Como parede sem porta 
Ou boca que quer um beijo
É resto de madrugada 
Pedaço de rima solta
Desespero em mão fechada 
Ou esperança que já não volta