- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fadista velhinho

João Ferreira Rosa / Alfredo Duarte *fado lumiar*
Repertório de João Ferreira Rosa

Um fadista já velhinho
Muito triste coitadinho
Contou-me quase a chorar
As saudades do passado
Em que ele cantava o fado
Que todos queriam escutar

Contou-me então como eram
As noitadas que fizeram / Fadistas e cavaleiros
O alegre São Martinho
Nos retiros com bom vinho / E o calor dos fogareiros

De olhos semicerrados
Baixinho lembrou uns fados / Sua tristeza aumentou
Mas parando de repente
Ohando-me bem de frente / Com voz mais firme afirmou


A minha grande tristeza
Não me é dada pela pobreza / Nem lembranças que contei
É o medo de morrer
Sem de novo poder ver / 
Portugal ter o seu Rei