- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado d’aquém e d’além

Manuel Alegre / Popular *fado mouraria*
Repertório de João Braga

De todo o lado e nenhum
De todo o mundo e ninguém
Somos vários e só um
Fado d’aquém e d’além

Já fomos antes, da Europa / Europa por sobre o mar
Nosso fado é vento à popa / Nosso verbo, o verbo amar

O vento canta o seu cântico / Vem com recados na voz
Onde sabe a sal e Atlântico / Esse país somos nós

Amor sem mas nem talvez / Que não tem cor nem tem raça
É este amor português / Que fica por onde passa