- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lua nova

Manuela de Freitas / Fontes Rocha *fado isabel*
Repertório de Pedro Moutinho

Não me fez qualquer sentido
Ir parar à tua rua
Talvez por andar perdido
Naquela noite sem lua

Mas tu disseste-me então / Que uma rua é como a vida
Nem que seja em contramão / Temos sempre uma saída

Que o sentido tanto faz / Pode até ser proíbido
Mas fazermos marcha-atrás / Nunca faria sentido

Se fez sentido não sei / A verdade é que eu senti
Que o sentido que encontrei / Não faz sentido sem ti

E aquela noite sem lua / Deu sentido à minha ideia
De ficar na tua rua / À espera da lua-cheia

Porque no quarto crescente / Já me tinha acontecido
Ter sentido de repente / Que tudo tinha sentido

E agora na nossa rua / Meu amor, somos a prova
De que uma noite sem lua / É noite de lua-nova