- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Canção *António Botto*

António Botto / João Braga
Repertório de João Braga

P’los que andaram no amor
Amarrados ao desejo de conquistar a verdade
Nos movimentos de um beijo

P’los que arderam na chama da ilusão de vencer
E ficaram nas ruinas do seu falhado heroísmo
Tentando ainda viver

Pela ambição que perturba
E arrasta os homens à guerra de resultados fatais
Pelas lágrimas serenas dos que não sabem sorrir
E resignados, suicidam seus humaníssimos ais

Pelo mistério subtil, imponderável, divino
De um silêncio, de uma flor

Pela beleza que eu amo e o meu olhar adivinha
Por tudo o que a vida encerra e a morte sabe guardar
Bendito seja o destino
Que Deus tem para nos dar