<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.875 LETRAS // 1.470.000 VISITAS // NOVEMBRO 2019

Maria da Graça

Letra e musica de Artur Ribeiro
Repertório de Carlos Ramos

Maria da Graça infinda / Era a mais linda das raparigas
Deixava sempre, ao passar / Frescas no ar, lindas cantigas

Mas uma tarde abalou / E regressou já noite morta
Desde então, que sina a sua / Dizem na rua de porta em porta

Já foi Maria da Graça
Já teve graça ao passar
E agora quando ela passa
Nem graça tem no andar
Entrou com ela a desgraça
No dia em que ele a deixou
Já foi Maria da Graça
Mas só Maria ficou

Tem um filhinho pequeno / Muito moreno, que atira ao pai
E adoça um pouco o desgosto / Beijando o rosto de sua mãe

Conserva o seu ar infindo / E um fogo lindo nos olhos belos
Mas o sol, quando ela passa / Já não esvoaça nos seus cabelos