-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.260 LETRAS <> 3.120.500 VISITAS * MARÇO 2024 *

. . .

Se dum tiro nasce a flor

João Fezas Vital / Joaquim Campos *fado tango*
Repertório de Hélder Cruz

Se m’esperam e me condenam
A ser eu, para além de mim
Como querem que entre grades
Amarrado a saudades
Mais do que eu, eu seja assim

Se do tempo que me resta
É só uma a primavera
Como ter as mãos em festa
Sem as encostar à testa
E ao suor de quem eu era?

Se dum tiro nasce a flor
Que a estar assim me condena
Então, nem seiva nem cor
E nem ódio e nem amor
Nem desgosto e só pena