-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

Lusitano vagabundo

Maria Manuel Cid / Alvaro Martins *fado pão de gestos*
Repertório de Carlos Zel

Lusitano vagabundo
Foi um pintor genial
Pintou no quadro no mundo
O rosto de Portugal

Marinheiro, aqui nasceu
Marinheiro quis navegar
Enquanto a pátria cresceu
Andava no alto mar

E do mar voltou um dia
Triste fim, sem o saber
Veio ao sabor da agonia
Só voltou para morrer

E na praia quis ficar
Para ali ao Deus-dará
Marinheiro olhando o mar
Que foi seu e não será