- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Voz do fado

Arnaldo Ruaz / Armando Machado *fado santa luzia*
Repertório de Ana Pacheco

Sentia-o desde menina
Estava já na minha sina
E no destino marcado
Que um dia viesse a escutar
Uma estranha voz a chamar
Que seria a voz do fado

Chamou-me num leve sussurro
Porém tão doce e tão puro / Que corri ao chamamento
Abracei-o com emoção
E arde em mim a paixão / Desde esse terno momento

O destino também ditou
A quem se apaixonou / P’lo fado tão loucamente
Que com alma o defendesse
E até que a voz lhe doesse / O cantasse a toda a gente