- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.240 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.053.000 VISITAS /*/ FEVEREIRO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

.

A graça do teu andar

Helder do Ó / Alfredo Duarte *fado louco*
Repertório de Hélder do Ó

Há um não sei quê que me apraz
Quando te vejo sozinha
Beijando as pedras que pisas
Em cada passo que dás

Tens poesia no andar / E olhar-te não sou capaz
Há algo que não entendo / Há um não sei quê que me apraz

Quando à minha porta passas / Tão simples, tão ligeirinha
O teu corpo é todo graça / Quando te vejo sozinha

Da maneira que me olhaste / Do meu amor não precisas
Mas seguiste, não paraste / Beijando as pedras que pisas

Mas eu vou ser persistente / E vou-me fazer audaz
Perseguindo o teu pezinho / Em cada passo que dás