- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A graça do teu andar

Helder do Ó / Alfredo Duarte *fado louco*
Repertório de Hélder do Ó

Há um não sei quê que me apraz
Quando te vejo sozinha
Beijando as pedras que pisas
Em cada passo que dás

Tens poesia no andar / E olhar-te não sou capaz
Há algo que não entendo / Há um não sei quê que me apraz

Quando à minha porta passas / Tão simples, tão ligeirinha
O teu corpo é todo graça / Quando te vejo sozinha

Da maneira que me olhaste / Do meu amor não precisas
Mas seguiste, não paraste / Beijando as pedras que pisas

Mas eu vou ser persistente / E vou-me fazer audaz
Perseguindo o teu pezinho / Em cada passo que dás