- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.078.500 VISITAS /*/ MARÇO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa.

Rosinha da Serra d’Arga

Popular
Repertório de Mísia 

Ao sair de Dei perdi um dedal
Com letras que dizem “Viva Portugal”
Viva Portugal, viva Portugal!
Ao sair de Dei perdi um dedal

Ó minha Rosinha, eu hei de ter amar
De dia ao sol, de noite ao luar
De noite ao luar, de noite ao luar
Ó minha Rosinha, eu hei de te amar

Ó minha Rosinha, estrela do mar
Tu vais p’ra Lisboa, deixas-me ficar
Deixas-me ficar, deixas-me ficar
Ó minha Rosinha, estrela do mar

Ó minha Rosinha, do meu coração
Tu vais p’ra Lisboa, não levas paixão
Não levas paixão, não levas paixão
Ó minha Rosinha, do meu coração

Ó minha Rosinha, eu hei de ir, eu hei de ir
Jurar a verdade, que eu não sei mentir
Que eu não sei mentir, que eu não sei mentir
Ó minha Rosinha, eu hei de ir, eu hei de ir