- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Canção das descobertas

Letra e música de João Nobre
Repertório de Berta Cardoso 

Há na praia, olhos chorando 
No mar, gente decidida
Lenços brancos acenando
Num adeus de despedida

É o Infante de Sagres
Que os manda partir ligeiros
Que a Senhora dos Milagres
Guie os nossos marinheiros

Velas erguidas, n
aus decididas vão para o mar
Saindo a barra, uma guitarra põe-se a chorar 
São marinheiros, aventureiros mais uma vez 
Que vão mostrar como este mar é português 

Olhando o mar com desdém
Ondas, ventos traiçoeiros
Nada no mundo detém
Nossos bravos marinheiros

Não há outro mais valente
Nem que valha o que ele vale
Pois só ficará contente
Dando o mundo a Portugal 

São marinheiros
Aventureiros mais uma vez
Por esse mar tão português