- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ao sul

João Monge / João Gil
Repertório de António Zambujo 

Ao sul, à procura do meu norte
Subo as águas desse rio
Onde a barca dos sentidos nunca partiu

Lá longe inventei o dia azul
E o desejo de partir
Pelo prazer de chegar ao sul

Cada um tem a sina que tem
Os caminhos são sempre de alguém
Ao sul

Ao sul, entre dois braços abertos
Bate um coração maltês
Que se rende, que se dá de vez
Por amor corto os frutos que criei
Corto os ramos que estendi
Pela raiz que abracei ao sul