- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A cruz

Manuel Andrade / Pedro Rodrigues *fado primavera*
Repertório de Maria João Quadros 

Aquela cruz de pau-santo
Onde um Cristo de marfim
Se contorce em agonia
Faz-me lembrar tanto, tanto
Essa cruz que trago em mim
Essa cruz pesada e fria

De mil rosas coloridas
Era o caminho trilhado / Que o teu olhar me mostrou
Fizeram-se as rosas feridas
E o caminho desolado / Num calvário se tornou

O vento levou-me tudo
E a sua suave brisa / Tornou-se em dorido pranto
Consola-me, quedo e mudo
Esse Cristo que agoniza / Em sua cruz de pau-santo