- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.240 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.053.000 VISITAS /*/ FEVEREIRO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

.

Amália que não existo

Tiago Torres da Silva / Arlindo de Carvalho
Repertório de Mísia 

És mãe do que não existe
E ser mãe do que não há
É o que sei de mais triste
Do que esta vida nos dá

A lágrima que evapora / Antes da gente a saber
E só porque não se chora / Nem lágrima chega a ser

Quando a tua voz me habita / Na sorte de ser ninguém
Nada de mim ressuscita / Sem que renasças também

Se eu creio ou não creio nisto / Ninguém vai saber porquê
Amália, que não existo / Senão no que não se vê