-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

A roubar ao sol a cor

Carlos Leitão / Custódio Castelo
Repertório de Custódio Castelo

Porque è que a vida da gente
Faz sentido sem amor
Se dou por mim de repente
A roubar ao sol a cor;
Porque è que a vida da gente
Faz sentido sem amor
Se te sigo eternamente
Seja lá p’ra onde for

Ficou uma porta entreaberta
Que não pudemos fechar
E uma casa já deserta
Sempre que ousamos sonhar

Do tempo que foi passando
Resta pouco mais que nada
Não nos deu um *até quando*
Nem uma história acabada