- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.240 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.053.000 VISITAS /*/ FEVEREIRO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

.

Ouvi cantar o Ginguinha

Linhares Barbosa / Popular *fado corrido*
Repertório de Manuel de Almeida

Ouvi cantar o Ginguinha
Numa taberna
em Samora
Cantar
à história e ao moiro
Até ao romper da aurora

Era de altura pequena / Já sentia enorme agrado
Em ouvir cantar o fado / E ver os toiros na arena
Inda me lembro da cena / Como se ela fosse agora
Ao som da lira sonora / Junto aos cascos da pinguinha
Ouvi cantar o Ginguinha
Numa taberna
em Samora

Campinos, novos e velhos / Mais gente da borda d'água
Cantavam cheios de mágoa /
Dos fados, os evangelhos
Muitos coletes vermelhos /
Dentro da tasca e cá fora
A ouvir a lira sonora / Porque não era desdouro

Cantar á história e ao moiro
Até ao romper da aurora