-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

Morrer em ti

Fernando Campos de Castro / Pedro Rodrigues
Repertório de Pedro Vilar

Não é a mão que me treme
Mas o desejo brutal
Que a tua ausência me fez
De querer morrer
em ti
Como
um amante sem casa
Sem memória ou lucidez

Não é a boca
em secura
Que
me morde a própria língua 
Exasperada e cortante
É a míngua das palavras
Que me chegam da lonjura 
Da tua boca distante

Não é nada que eu não saiba
E que não tenho bebido 
No fogo dos lábios teus
São as mãos frias do vento
Que trazem ao pensamento 
Certezas do nosso adeus

Não é o corpo que vacila
Nesta brutal ansiedade 
De não te saber aqui
Tu que sabes meu amor
Que não há morte maior 
Do que estar vivo sem ti