- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 Letras Publicadas // 1.800.000 Visitas ° 10.07.2020
- - -
° Por questãoes de funcionalidade existem índices divididos em 2/3 colunas // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

Como a vida passa

Germano Silva / Júlio Proença *fado camélia*
Repertório de Júlio Peres

A vida passa tão breve
Tão vertiginosa e leve
Deixando apenas saudade
Eu sinto um grande desgosto
De já ter rugas no rosto
Da perdida mocidade

Os anos correm a esmo
Sinto que não sou o mesmo / Neste mundo d'ilusão
Quando o espelho consultei
Tremi e depois chorei / Magoei o meu coração

Quem me dera não amar
Não ter alma, não sentir / Os proventos do amor
P'ra não carpir, não chorar
P'ra não saber definir / As amarguras, a dor

Eu sinto um grande desgosto
De já ter rugas no rosto / Da perdida mocidade
A vida passa tão breve
Tão vertiginosa e leve / Deixando apenas saudade