- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.200 LETRAS PUBLICADAS // 2.028.600 VISITAS // Janeiro 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

.

Saudades de quê?

Fernando Campos de Castro / Julio Proença
Repertório de Arlindo de Oliveira

Anda comigo a saudade
Não suporto o coração
Comemos juntos à mesa
Com toalhas de tristeza
Em pratos de solidão

E todos os meus sentidos / São como ave perdida
No meio desta verdade
Sei que não tenho saudade / Nem do amor nem da vida

Amordaçado e vencido / Pela saudade sem fim
Perdi-me do consciente
Andei perdido entre a gente / Tive saudades de mim

Anda comigo a saudade / E é de saudade o meu grito
Nesta angústia de onde venho
Sei que as saudades que tenho / São saudades de infinito