- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.515 LETRAS PUBLICADAS <> 2.552.800 VISITAS < > AGOSTO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Amor poético

José Fernandes Castro / Pedro Rodrigues
Repertório de José Fernandes

Na hora de ser poeta
Tenho a força do desejo
Na essência do meu verso;
E com a alma liberta
Invento o sabor do beijo
E sou poema disperso

As palavras são meu guia
E até o ar que respiro / É na mente o meu clarão
Assim que termina o dia
Sou então o que prefiro / Sou tempo d'inspiração

Invento amor p'ra te dar
E se canto para ti / Sou trovador inventado
Fito em ti, o meu olhar
E se teu rosto sorri / Sou amor recompensado

Dou mais voz à minha voz
E dou-te versos nascidos / Do meu amor sem idade
Canto por nós e p'ra nós
E os nossos cinco sentidos / Fazem nossa felicidade