<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

Fogueira da desgraça

Isidoro de Oliveira / Filipe Pinto *fado meia-noite*
Repertório de Manuel Cardoso de Menezes

Ardem fogueiras na praça
Ardem, deixá-las arder
Na fogueira da desgraça
Ninguém se pode aquecer

Passam dias, passam anos / Só a verdade não passa
Com lenha de desengano / Ardem fogueiras na praça

Em atitudes ligeiras / Todos nós, sem o saber
Deitamos lenha às fogueiras / Ardem, deixá-las arder

Não vê insensato o homem / Na vaidade a que se abraça
Quantas almas se consomem / Na fogueira da desgraça

É belo o fogo dourado / Duma vida de prazer
Mas nesse fogo gelado / Ninguém se pode aquecer