- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A saudade e ela

Carlos Conde / António Barbeirinho *fado porto*
Repertório de Raúl Pereira 

Ando cansado, ando farto
Da saudade que me abrasa
E me impõe duro castigo
Hoje fechei-a no quarto
Sai cedinho de casa
E trouxe a chave comigo

Deixei-a junto ao retrato
Da mulher que eu adorei / Como se adora uma estrela
Sai, não fiz desacato
Cheguei à rua, chorei / E voltei p'ra junto dela

Não sei como esta loucura
Da saudade, minha eleita / Sendo enorme cabe inteira
Numa pequena moldura
Com um retrato, que enfeita / A mesa de cabeceira

P'la saudade amarga e doce
P'la mulher do meu sentir / Ou por ambas, par a par
A minha porta fechou-se
Nem uma pode sair / 
Nem a outra pode entrar