- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Bendito amor *F.Farinha*

Fernando Farinha / Casimiro Ramos *fado margaridas*
Repertório de Fernando Farinha

Se o meu amor sofreu cruel tormento
Vivendo à tua espera, sempre triste
Bendito seja o próprio sofrimento
Porque maior valor deu ao que hoje existe

Se o meu amor nasceu só para ti
E amor igual mais tarde recebeu
Bendita seja a esperança em que vivi
Bendita seja a fé que Deus me deu

Se a minha voz cantou, alto e bom som
Amor que o coração lhe transmitia
Bendita seja a voz que teve o dom
De fazer da tristeza uma alegria

Se o nosso amor nasceu, há-de viver
Por mais que os outros falem do seu fim
Bendito o teu amor que assim me quer
Bendito seja eu, por ser assim