<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Marujinho

Manuel Rosa / Arlindo de Carvalho
Repertório de Deolinda Maria

Na praia pedi à areia
Que à maré cheia desse um recado
Me troxesse um namorado / Que me fizesse feliz
Na onda veio um marujo
E eu até fujo daquela ideia
Que eu tive em falar à areia / E ao pedido que lhe fiz

Ai marujo, marujinho
Marinheiro de água doce
Peço à onda que te trouxe
O favor de te levar
Espero que troques primeiro
O teu veleiro por um navio
E a água doce do rio
P'la salgada que há no mar


Pode ser que qualquer dia
A água fria volte a aquecer
Esta paixão, que a meu ver / Em má hora desejei
E o marujinho que veio
No doce enleio duma maré
Prove que a água não é / 
Tão doce como pensei