- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lugares-comuns *o namoro*

Maria do Rosário Pedreira / Joaquim Campos Silva
Repertório de Aldina Duarte

Nas linhas da minha mão
Leu que era ele o meu fado
E embrulhou o coração
Num lenço de namorado

Veio esperar-me de fato / Depois de mil telefonemas
E de mandar o retrato / Numa carta com poemas

Trouxe bombons de licor / Deu-me perfume francês
Escreveu a palavra amor / Num tronco de árvore, em inglês

Nos lençóis da sua cama / Bordou o meu pensamento
Com rosas veio um telegrama / A pedir-me em casamento

P’ra dar um nó nesse laço / Comprou o anel de noivado
E tatuou no seu braço / Nossos nomes lado a lado

Ai que lindo é o amor / Só quem não ama não sabe
Nunca vi nada melhor / Tomara que não se acabe;
Nunca vi nada melhor / Deus queira que não se acabe