- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 2.000.000 VISITAS // DEZEMBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Criança negra

Letra e música de Jorge Atayde
Repertório de Maria Armanda

Exploraram o teu torrão
E prometeram-te amor
Tragaste o duro pão
Choraste de raiva e de dor

Andavas de pé descalço
Davas teu braço sem seres ninguém
A esperança já a perdias
Porque não crias no crer d'alguém

Criança negra que não conheceste os pais
Tens pele de seda e sentir como as demais
Criança muda, por ouvir e não falar
Queriam-te surda p'ra morreres a trabalhar

Venderam o teu manjar
E fomes te deram de troco
Calaram o teu pensar
Falaram-te ao murro e ao soco

Dormiste de fatigada de maltratada
No teu chão quente
Gritaste pró mundo ouvir
P'ra alguém sentir que eras gente