- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Abraço a Setúbal

Maria Emília Godinho / Leonardo Azevedo
Repertório de António Severino 

È pra Setúbal que vai meu abraço
Pra essa gente que não teme cargas
Homens humildes sem mostrar cansaço
Peixe que salta em chapéus de abas largas


Se o mar é violento com a fé na alma
Esperam o momento que venha a calma
Ouve-se o cantar duma voz que ecoa
Na faina do mar, quando a pesca ė boa
Há que diga até pregão pitoresco
Que só em Setúbal o peixe é mais fresco

Com a canastra à cabeça
E pedindo sempre ao céu
Que o peixe vá caindo
Nas abas do seu chapéu

Descarregadores de Setúbal
Fiéis à velha tradição
Peço a Deus que as traineiras
Vos possam sempre dar pão