- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Versos de orgulho

Florbela Espanca / Miguel Ramos *fado margaridas
Repertório de Maria Leopoldina da Guia

O mundo quer-me mal porque ninguém
Tens as asas que eu tenho, porque Deus
Me fez nascer Princesa entre plebeus
Numa torre de orgulho e de desdém


Porque o meu mundo fica para além
Porque trago no olhar os vastos céus
E os oiros e clarões são todos meus
Porque eu sou eu e porque eu sou alguém

O mundo?  o que é o mundo, ó meu amor?
O jardim dos meus versos todo em flor
A
seara dos teus beijos, pão bendito

Meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços
Os meus braços dentro dos meus braços
Via láctea fechando o infinito