- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Porto-Porto

João Gigante Ferreira / Samuel Cabral
Repertório de Helena Sarmento
                                                                             
Mergulhadas ao contrário
Aguarela na corrente
Pelo Douro as cores das casas
A cidade e o seu cenário
As janelas querem gente
Como os sonhos querem asas

No reflexo da Ribeira
Vão as nuvens pelo chão / Nada o Duque no seu seio
Os rabelos vão nas vistas
Amarrados aos turistas / As gaivotas de permeio

Sendo outras são as mesmas
As gaivotas e o seu grito / Noutro vento a mesma dança
Pelo Douro desce o tempo
Nossos olhos ao relento / Vão mudando na mudança

No granito do teu peito
Bate um rio-coração / Doces vagas, tempestade
Deste Porto fiz meu porto
A caminho do teu corpo /
Pelo norte da vontade

No meu sonho livres rotas
Como asas de ninguém / Ná quem diga que exagero
Troco ouro por gaivotas
Por tão pouco há logo quem / Diga que é porque te quero