- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.535 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Branca Aurora

Letra e musica de Jorge Palma
Repertório de Cristina Branco

A Branca Aurora perdeu o cartão de cidadão
Nunca teve passaporte e não sabe bem a idade
Gosta de sentir o chão a afagar-lhe as plantas dos pés
A Branca Aurora perdeu o cartão de cidadão

A Branca Aurora deu cabo do espelho retrovisor
Acredita que o passado nunca teve grande futuro
E que o futuro está bem mais distante de tudo o que era dantes
A Branca Aurora deu cabo do espelho retrovisor


E se ela dança
Todos os passos em redor são seus
Quando ela balança
Salta do vocabulário a palavra *adeus*

A Branca Aurora é um manancial de inspiração
Goza c’oa própria sorte e não tem medo do destino
Se alguém lhe oferece um cocktail ela opta por um "Molotov"
A Branca Aurora é um manancial de inspiração

A Branca Aurora não vive no reino das ilusões
Quando vai ao mercado chega sempre fora de horas
E tira sempre partido daquilo que os outros deitaram fora
A Branca Aurora não vive no reino das ilusões