- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.700 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Partida

Letra e musica de Rodrigo Costa Félix
Repertório do autor

Da vida, levo aquilo que deixarem
A lua, o mar, o vento, a tempestade
E levo os sonhos loucos que sonharem
Reconquistar por fim, a liberdade

Da terra, levo o cheiro a maresia
A leve brisa vã da primavera
E trago em mim a terna poesia
Dos braços de quem dorme à minha espera

Do meu país eu levo a memória
De tantos que o souberam defender
Levo dos seus poetas toda a glória
De quem usa a palavra a combater

Trarei em mim, p’ra sempre, o doce canto
Do fado, feito lágrima e lamento
Levo toda a alegria, todo o pranto
E levo-te a ti, amor, no pensamento