<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Estrela da manhã

Mário Rainho / Nuno Nazareth Fernandes
Criação de Beto em *A revista é liiinda*

Com que tinta verde-mar / Ou da cor do coração
Com que azul do céu, pintar / Os versos desta canção?

Com que clave de sol-pôr / Vou compor a sinfonia
Pra te cantar, meu amor / Antes da estrela do dia?

Minha estrela da manhã
Trazes a noite contigo
Arrastas a madrugada
A fazer amor comigo
Melodia inacabada
Meu nocturno de Chopin
Com que voz te vou cantar
Minha estrela da manhã?!

Teço a teia dos meus versos / Que afinal serão os teus
Infinitos universos / Desejos de muitos céus

Na partitura do sonho / Com a flauta do deus Pã
Em tom maior te componho / Minha estrela da manhã!