<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.875 LETRAS // 1.470.000 VISITAS // NOVEMBRO 2019

Fado Gato

Filipa Tavares / António Almeida
Repertório de Filipa Tavares

Fala o decadente
À velha e ao inocente
Que o sonho já morreu, que o amanhã se foi
Não há lugar p’ra mais gente

Fala o ditador
À multidão com fervor
Fala o doutor, também o professor
Não há lugar p’ra mais gente

Vou vivendo assim
Entre o mau e o ruim
Desde o princípio ao fim
Não há lugar para mim;
Vais andando assim
Entre o mau e o ruim
Desde o princípio ao fim
Não há lugar para ti

Fala o canalha
Que tece na sua teia
No fio duma navalha, o adeus a quem trabalha
Não há lugar p’ra mais gente

Fala um à multidão
Que em surdina
Recebe ao seu pão um não e a resposta é então
Não há lugar p’ra mais gente