- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.572.800 VISITAS < > SETEMBRO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Trazes mais amor à minha vida

António Laranjeira / Rogério Ferreira
Repertório de Cláudia Picado

Trazes mais amor à minha vida
Trazes outro rumo ao meu caminho
A noite quando vem, fico vencida
Mais perdida… e tu sozinho

Trazes mais calor aos meus abraços
Tão despidos de ti e do que somos
As palavras não perdem os espaços
Se nos teus braços sou o que já fomos

Trazes tanta luz e tanto pranto
Que me disperso a procurar em ti
Aquele olhar de sonho e d’espanto
Que no entanto eu nunca esqueci

Trazes mais amor à minha vida
O mundo é menos baço e menos triste
Não há cansaço e à noite adormecida
Segredas-me que ainda não partiste

Trazes mais amor à minha vida
E o desejo de um beijo que restou
Quando numa breve despedida
O meu corpo viveu porque te amou