<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Fado depois da tempestade

João Gigante-Ferreira / Samuel Cabral
Repertório de Helena Sarmento

Em noite de tempestade / Quando as árvores se agitam
Somos folhas que nos gritam / O medo que nos invade

E mudos assim ficamos / Sem estrelas nem luar
Só espantalhos a dançar / Dependurados nos ramos

Vejo velas nos teus olhos
Não de barcos, de moinhos
Rosa dos ventos sozinhos

Porque o raio fulminante / Se acompanha do trovão?
É que nem a luz suporta / Do escuro a solidão

Já lá vem a madrugada / Vem com pressa de chegar
Traz estrelas atrasadas / Nos teus olhos só de amar

Vejo velas nos teus olhos
Não de barcos, de acender
Incêndios de amor a arder

E depois da tempestade / Nascem bocas incessantes
Sobre a pele de mãos se arde / Velha história dos amantes...