- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 2.000.000 VISITAS // DEZEMBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Quimeras à solta

Manuel Carvalho / Alfredo Duarte
Repertório de Joaquim Brandão 

Senti hoje a tal revolta
Ao ver ilusões à solta
Pelas ruas da cidade
É revolta que se sente
Quando no peito da gente
Já não cabe mais saudade

Vivo cansado a sonhar
Já não tenho dor p’ra dar / Ao desejo que m’enleia
Morro nesta ansiedade
À procura da verdade / Com sonhos feitos d’areia

Esta angustia que me mata
Vai vencendo quando ataca / O que penso de mim mesmo
Pois só encontro a verdade
Pelas ruas da cidade / A matar sonhos a esmo

Assim vai a vida embora
Os sonhos ficam lá fora / À espera do fado norte
Viver a vida a preceito
Toda a gente tem direito / Mas é preciso ter sorte