- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.200 LETRAS PUBLICADAS // 2.028.600 VISITAS // Janeiro 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

.

Fim

Maria Duarte  / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Nem pássaros, nem astros, nem veleiros
Soltam velas dentro do meu peito
Calou-se a madrugada nos meus olhos
Por isso a noite me envolveu assim
Com esta dor que é asa de punhal
Com este grito de um amor sem fim

Amor sem fim, amor sem tempo e sem medida
Água que brota ao longe da nascente
Luz que amanhece sem anoitecer;
Amor que quer ser brisa e é vendaval
Amor que quer ser chuva e é temporal
Que é tudo ou nada e tudo há de perder