- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.078.500 VISITAS /*/ MARÇO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa.

Mensagem para homenagem

Silveste José / Francisco José Marques *fado zé negro*
Repertório de Angelo Oliveira

Eu só quero agradecer
Neste mundo que a crescer
Vai ceifando muita vida
Por mim não lhe levo a mal
È a ordem natural
Prepare-se a despedida

Cruel interrogação
Mora no meu coração / Sinto que de lá não sai
E digo de mim para mim
Porque teria de ser assim / Com o meu querido pai?

Como seria melhor
Vê-lo na rua ao redor / Das coisas de que ele mais gosta
Com tudo o que lhe pertence
Nesta vida que nos vence / E nos ganha sempre a aposta

Já que o destino não quis
Ele totalmente feliz / Até ao fim dos seus dias
Que lhe conceda a virtude
De ter alguma saúde / E mais umas alegrias

Pai, aceita esta mensagem
Que representa a homenagem / A quem a vida me deu
Quem tem filhos tem cadilhos
Tomara todos os filhos / Terem um pai como o meu