- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.200 LETRAS PUBLICADAS // 2.028.600 VISITAS // Janeiro 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

.

Quadras dum dia sozinho

Duarte / Carlos Manuel Proença e Duarte
Repertório de Duarte

Minha terra não tem rios
Minha terra não tem mar
Mas todos os meus vazios
Vão à minha terra dar

Meu amor nunca lá foi / Meu amor nunca me quis
Eu vivo do que não foi / Com tudo o mais que não fiz

Indiferença no sentir / À vontade no calar
Acredito que há-de vir / No dia em que não vou estar

Minha terra não tem rios / Minha terra não tem mar
Vão-se embora os meus vazios / Quando o meu amor chegar