- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 2.000.000 VISITAS // DEZEMBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Amor em dó maior *declaração de intenções*

Maria do Rosário Pedreira / Casimiro Ramos *fado três bairros*
Repertório de Aldina Duarte

Passa o tempo e não apaga
A memória que a semente
Guarda da mão que a plantou
Quem diz que o amor se acaba
Ou quer esconder o que sente
Ou nunca na vida amou

Eu tive um amor tão grande
Que quando o perdi, não nego / Já não quis amar ninguém
E, por mais que a razão mande
Meu coração ficou cego / Aos encantos de quem vem

Quem nunca esconde o que sente
Vai contar hoje essa história / De um amor que não vingou
Passa o tempo, e a semente
Guarda consigo a memória / Da mão que um dia a plantou;
Quem nunca esconde o que sente
Não pode esquecer a história / Desse amor que não vingou