- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.240 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.053.000 VISITAS /*/ FEVEREIRO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

.

Novo vira do Minho

António Laranjeira / André Teixeira
Repertório de António Laranjeira

Ó Minho Minho, ó verde Minho
Cantas e danças, não andas sozinho
Ó Minho Minho, ó verde Minho
Cantas e danças, não andas sozinho

Ai vira que vira
Ai vira d’Agosto
O ouro que brilha
Dá cor ao teu rosto
Ai vira que vira
Ai vira do mar
Quem vira não vira
Meu amor chegar

Talvez eu me engane mas quem não se engana
Deixei a tristeza perdida em Viana
E no alto Minho já ninguém me apanha
O Minho é mais Minho ao deixar Espanha

Ó Minho Minho, Minho brilhante
Ao cantar do galo, que a fé se levante
Ó Minho Minho, já te vi um dia
Rezando baixinho subindo a agonia

Talvez eu me engane, mas quem não se engana
Deixei a tristeza perdida em Viana
E no alto Minho, já ninguém me apanha
O Minho é mais Minho ao deixar Espanha