- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.107.500 VISITAS /*/ ABRIL 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa >

Por dentro de mim

Tiago Torres da Silva / Diogo Clemente
Repertório de Mafalda Arnauth

Pus uma primavera nos teus olhos
Que em verde acordaram a manhã
Foi nos ramos dos teus braços
Que eu vi a flor do mar dentro de mim
No ninho dos teus beijos
Um pássaro de fogo voou dentro de mim

E no seu bater de asas
Espalhou do fogo as brasas
Testemunhas do lugar de onde eu vim
E querem que te aqueças dentro de mim

Vejo o sol a nascer do teu sorriso
E agarro-me aos teus braços de marfim
Um verão que sem aviso
Faz nascer marés dentro de mim
E eu descubro de repente
Um sol em quarto crescente dentro de mim

Também soubeste ser folha d’outono
Soubeste adormecer na hora certa
E as folhas mais bonitas
Escolheram cair dentro de mim
E o vento das palavras
Pôs as canções do oceano dentro de mim


Não temas ser inverno
Porque o beijo mais terno
É aquele que se dá chegado o fim
Quando tu adormeceres dentro de mim