- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Olhando o mar

Elsa Laboreiro / Amadeu Ramim *fado zeca*
Repertório de Joana Cruz

O mar que à minha vista se agiganta
Em ondas de saudade enlouquecida
Dá força à voz que trago na garganta
Que canta a dor que trago nesta vida

O pensamento vai num desvario
Mais longe do que os olhos podem ver
E no teu corpo, o sol faz-se mais frio
E o sangue faz-se mágoas a correr

Eu queria ser como esse mar bravio
Ser livre de te amar e de te querer
Faria do meu peito um navio 
Que nele te levasse até morrer