- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.240 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.053.000 VISITAS /*/ FEVEREIRO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

.

Cruel destino meu

Fernando Farinha / Artur Ribeiro
Repertório de Fernando Farinha
              
Quis alcançar o mundo de repente
Mas o mundo cruelmente
Bem depressa me enganou
Cruzaram-se os caminhos junto a mim
Já não sei por onde vim
Já não sei por onde vou

Esperanças, ansiedades e alegrias
Gastei-as em poucos dias
Por meu viver desregrado
Troquei o bem por tudo o que não presta
E agora apenas me resta
Um fado... um fado 

Cruel destino o meu / Que assim me castigou
Que tanto prometeu / Que a tudo me faltou

Quis viver não pensei / Que a vida era ruim
Tão depressa andei / Que me perdi de mim