-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> 7.380 LETRAS <> 3.295.000 VISITAS <> JUNHO 2024 <>

. . .

Sombra calada

José Fernandes Castro / Raúl Ferrão *fado carriche*
Repertório de Eugénia Andrade

Apesar do desespero
Que marca a minha rotina
Ainda sou o que quero
Pois o mal não me domina

Tenho em mim golpes profundos 
Duma vida arrasadora
Mas vou juntando os segundos 
E vou tendo a minha hora

Com a alma destroçada 
Pela dor e p’lo cansaço
Sou uma sombra calada 
Que defende o seu espaço

O fado é meu protetor 
A saudade, é conselheira
Hei-de vencer esta dor 
Que me quer por companheira